Entenda O Porquê De As Operações Omnichannel Lucrarem M

02 Mar 2019 03:46
Tags

Back to list of posts

<h1>Empreendedores Contam Com Mais De quinze Atividades Em Julho</h1>

<p>Tudo come&ccedil;ou com um texto descrevendo sobre como a loja virtual podes acelerar a performance de uma loja f&iacute;sica. Depois, como a loja f&iacute;sica podes aperfei&ccedil;oar a performance da tua loja virtual. E, neste instante, no &uacute;ltimo texto a respeito da s&eacute;rie “omnichannel e rentabilidade”, nada mais previs&iacute;vel do que discorrer a respeito como opera&ccedil;&otilde;es omnichannel performam melhor no momento em que comparadas &agrave; opera&ccedil;&otilde;es mono-canal (ou “pure-play”, pra usar um termo mais bonitinho). Kodak Anuncia O Final Da Realiza&ccedil;&atilde;o De Suas C&acirc;meras Digitais , mas a Saraiva (que est&aacute; passando por outras dificuldades), todas as corpora&ccedil;&otilde;es que possuem canais online e offline tiveram lucro, sempre que as companhias que s&atilde;o puramente online lembraram preju&iacute;zo. Vinte e cinco Passos Para Come&ccedil;ar Teu Menor Neg&oacute;cio No Universo Do Marketing Digital /p&gt;
</p>
<p>O recorte de somente um trimestre pode ser pequeno e conduzir a interpreta&ccedil;&otilde;es incorretas, entretanto se puxar ao longo dos &uacute;ltimos dois anos, o caso &eacute; o mesmo. &Eacute; sabido que a Netshoes nunca teve lucro e a B2W h&aacute; dezesseis trimestres n&atilde;o d&aacute; resultado afirmativo. Leia A Transcri&ccedil;&atilde;o Da Entrevista De Duda Mendon&ccedil;a &agrave; Folha E Ao UOL conex&atilde;o a valor de mercado, a diferen&ccedil;a continua, nos &uacute;ltimos sete anos as companhias “tradicionais” do varejo brasileiro tiveram acrescento no valor de mercado, no tempo em que a B2W perdeu valor, conforme infogr&aacute;fico abaixo.</p>

<p>Todavia, voltando ao foco, que fique claro: seria incorreto e leviano revelar que lojas que vendem apenas no mundo f&iacute;sico est&atilde;o fadadas a ter preju&iacute;zo, ou quem vende somente online nunca ter&aacute; lucro. Existem exemplos de sucesso nos dois mundos. A Lojas Cem, a t&iacute;tulo de exemplo, n&atilde;o vende um alfinete online e &eacute; conhecida por ter excelentes resultados, e companhias puramente online, como MadeiraMadeira, atingiram o break even e continuam crescendo.</p>

[[image https://ziftsolutions.com/wp-content/uploads/2015/11/Social-Media-Icons.gif&quot;/&gt;

<p>O prop&oacute;sito desta observa&ccedil;&atilde;o &eacute; discorrer sobre o assunto como marcas com potente sinergias entre on e o off podem potencializar os seus lucros. Vamos come&ccedil;ar pela experi&ecirc;ncia. Abordei e expliquei com mais fatos todas essas modalidades Facebook Cria Centro De Programa&ccedil;&atilde;o No Brasil; Conhe&ccedil;a O Esta&ccedil;&atilde;o Hack SP . Marketing Digital Para Pequenas Corpora&ccedil;&otilde;es. Pequenas Corpora&ccedil;&atilde;o S&atilde;o capazes de Ser Grandes! , a marca consegue atender o comprador em cada momento de tua jornada de compra, sendo ela f&iacute;sica ou online.</p>

<ul>
<li>Melhor gasto-proveito x Investimento e riscos maiores</li>
<li>sete informa&ccedil;&otilde;es incr&iacute;veis pra uma Campanha de Marketing de Sucesso</li>
<li>04/10/2016 &agrave;s 21:Vinte e nove</li>
<li>Definir o p&uacute;blico-centro</li>
<li> Gest&atilde;o Estrat&eacute;gica de Projetos</li>
</ul>

<p>Em opera&ccedil;&otilde;es omnichannel h&aacute; a otimiza&ccedil;&atilde;o de recursos. Existe assim como uma diminui&ccedil;&atilde;o de headcount da opera&ccedil;&atilde;o, levando em conta que ao inv&eacute;s ter 2 gerentes de log&iacute;stica, um pra e-commerce e um pra loja f&iacute;sica, a empresa ter&aacute; apenas um. 120 milh&otilde;es apenas com diminui&ccedil;&atilde;o nos custos log&iacute;sticos ao anexar o e-commerce &agrave;s opera&ccedil;&otilde;es da loja f&iacute;sica. Os custos relacionados ao marketing tamb&eacute;m s&atilde;o otimizados. Pense que um an&uacute;ncio em uma Televis&atilde;o ou at&eacute; j&aacute; revista leva tr&aacute;fego para o blog.</p>

<p>O mesmo ocorre em um an&uacute;ncio pela internet que leva o consumidor pra loja f&iacute;sica — as a&ccedil;&otilde;es s&atilde;o totalmente sin&eacute;rgicas. Tenha em mente: n&atilde;o existe p&uacute;blico passante pela loja virtual, logo os custos envolvidos em marketing pra uma opera&ccedil;&atilde;o puramente online s&atilde;o muito altos. Com a loja f&iacute;sica, o ecommerce consegue adicionar um tanto deste p&uacute;blico, em raz&atilde;o de diversas pessoas passam diariamente na porta do com&eacute;rcio (novamente, em um &oacute;timo ponto comercial).</p>

<p>A loja virtual &eacute; popular por ter barreira de entrada muito baixa. Hoje, existe uma oferta quase que ilimitada de plataformas, transportadoras, gateways de pagamento e softwares de gest&atilde;o em um padr&atilde;o muito pr&oacute;ximo de “plug-and-play”. H&aacute; quinze anos, todavia, n&atilde;o existia oferta SaaS de plataformas, muito menos cloud computing. Lembro que pela &eacute;poca era comum ouvir que estabelecida empresa estava h&aacute; 3 anos criando sua plataforma virtual.</p>

<p>Isso permitiu a Submarino e a Americanas, durante um bom tempo, possuir uma larga vantagem competitiva em rela&ccedil;&atilde;o aos seus competidores (de 2007 at&eacute; 2010, a B2W teve lucro em todos os trimestres). Vamos recapitular: no momento em que Jack London construiu a Booknet, em 1995 (se voc&ecirc; n&atilde;o sabe quem &eacute; Jack London, busca a respeito esse cara), e-commerce era algo de fato disruptivo.</p>

<p>Um software que permitisse ver dados de um produto com a respectiva foto, adicion&aacute;-lo ao carrinho e fechar a compra era realmente incr&iacute;vel. Hoje, em 2018, isso foi transformado em commodity. Existem dezenas de plataformas fazendo isso com custo pr&oacute;ximo de zero. Por si s&oacute;, agora n&atilde;o se configura em nenhuma vantagem competitiva.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License